Bragança tem três casos de dengue

Tudo sobre Braganca num só lugar !

Bragança tem três casos de dengue


Noticias

shadow

A Divisão de Vigilância Epidemiológica- DIVE- solicita o auxílio da população em ações preventivas contra a dengue, porém a Prefeitura não está fazendo a sua parte, como fiscalização, campanhas publicitárias de conscientização e prevenção. Na semana passada a DIVE registrou o primeiro caso autóctone de 2014 e nesta semana, o segundo caso, no bairro Jd. Europa, zona sul. O indivíduo que contraiu a doença é filho do paciente que teve o primeiro caso registrado. A GB apurou que a terceira vítima, uma mulher, também do Jd. Europa, foi contaminada.



Segundo a Prefeitura, mesmo com o baixo índice de chuva, o trabalho preventivo vem sendo realizado rotineiramente pelos 18 agentes de combate ao mosquito. A equipe realiza visitas a domicílio para identificação e eliminação de criadouros. Porém, a fiscalização é insuficiente.



Caso seja encontrado algum caso da doença, o local deve passar por um bloqueio, no qual todas as ações são intensificadas ao redor da área. Visitas quinzenais a imóveis especiais (escola, hospitais, clubes, entre outros) e pontos estratégicos (depósito de sucatas, borracharia, lojas de materiais de construção) devem ser realizadas.



Transmissão- A Dengue é transmitida através da picada da fêmea do mosquito Aedes aegypti (ambos da família de pernilongos) infectados com o vírus da doença.



A transmissão nos mosquitos ocorre quando estes sugam o sangue de um indivíduo já infectado com o vírus da doença.



Sintomas- No corpo humano, os sinais da doença só começam a surgir após o período de incubação, que pode durar de 3 a 15 dias.



Os principais sintomas da doença são: febre, dor de cabeça, dor atrás dos olhos, dores e manchas pelo corpo. Já na forma hemorrágica, além dos sintomas citados, o paciente pode ter sangramentos, algumas vezes choque e morte.



Em caso de suspeita de Dengue, o indivíduo deve procurar imediatamente o serviço de saúde mais próximo. O vírus também não é transmitido pela água ou alimentos.



Tratamento- Ao ser diagnosticado, além da medicação prescrita pelo médico o paciente passa por um processo de reidratação. O tratamento é de suporte, com reposição de líquidos e manutenção sanguínea.



Prevenção- A única forma de se prevenir contra a doença é eliminar os locais com acúmulo de água, locais propícios para a reprodução do mosquito.



Algumas medidas são fundamentais: Manter a caixa d’água sempre fechada; encher os pratinhos de vasos de plantas com areia até a borda; guardar garrafas sempre com a boca para baixo; remover galhos, folhas e tudo o que possa impedir a água correr pela calha;guardar pneus em locais cobertos e abrigados da chuva; colocar o lixo em sacos plásticos e manter a lixeira bem fechada; e manter piscinas sempre limpas e cloradas.







Arrastão da Limpeza, que visa recolher entulhos e prevenir a proliferação do mosquito, está interrompido. Último Arrastão foi realizado em julho de 2013 e a Prefeitura informou estar programando novo cronograma








Bragança tem três casos de dengue
shadow

Veja Também:


Autor:

Ana Paula Arruda Alberti

Fonte:

Jornal Gazeta Bragantina

http://www.gazetabragantina.com.br/regiao/braganca-tem-tres-casos-de-dengue/